Vacinação na rede pública

20 de novembro de 2010

Fonte:ultimosegundo

Senado aprova projeto de lei para incluir vacinas na rede pública. Se convertida em lei, elas deverão ser aplicadas no ano seguinte à sanção presidencial. 

 

 Imagem do google

O Senado aprovou na última quarta-feira (17) o  projeto de lei para a inclusão de cinco vacinas na rede pública de saúde. O texto segue para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

As vacinas previstas são a da hepatite A, varicela (catapora), do pneumococo, da pneumocócica conjugada sete valente e meningocócica conjugada C. Se convertida em lei, elas deverão ser aplicadas no ano seguinte à sanção presidencial.

O texto foi aprovado anteriormente na Câmara dos Deputados. O autor do projeto, deputado federal Alexandre Silveira (PPS-MG), disse que a inclusão das vacinas poderá reduzir a mortalidade de crianças, por exemplo, por pneumonia.
Em fevereiro deste ano, o Ministério da Saúde anunciou a inclusão da vacina meningocócica conjugada C, que previne contra a meningite em crianças até 4 anos de idade, no calendário básico infantil. Um tipo de imunizante contra a bactéria pneumococo - causadora de meningites e pneumonias pneumocócicas, sinusite, inflamação no ouvido - também passou a fazer parte da vacinação obrigatória.
A hepatite A atinge, principalmente, crianças com menos de 5 anos de idade. Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) recomenda a aplicação da vacina somente em casos especiais, como em portadores de doenças crônicas no fígado ou pessoas que passaram por transplante de medula óssea.
Altamente contagiosa, a varicela, popularmente chamada de catapora, é uma das doenças virais mais comuns na infância. A vacinação contra a enfermidade é feita em populações indígenas por causa da alta letalidade nesses povos, segundo o Ministério da Saúde.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP