Prejuízo de lojistas durante greve de PMs pode passar de R$ 200 milhões

4 de fevereiro de 2012

Fonte Correio
Ainda não há o balanço de perdas com os saques. “É um prejuízo considerável para as empresas, porque onde abriu, movimento foi fraquíssimo”, diz presidente do Sindicato de Lojistas.

O presidente do Sindicato dos Lojistas do Estado da Bahia, Paulo Motta, estima que devido ao fechamento das lojas em todo o estado e ao baixo movimento registrado nos estabelecimentos que abriram nos dois últimos dias de greve, o prejuízo acumulado é de cerca de R$ 200 milhões. Ainda não há o balanço de perdas com os saques. “É um prejuízo considerável para as empresas, porque onde abriu, movimento foi fraquíssimo”.
O empresário recomendou que todos os lojistas baianos mantenham seus estabelecimentos em funcionamento hoje. “Se não funciona, demonstra uma adesão ao movimento. Com as ruas vazias, facilitamos a vida de quem quer arrombar”. O Sindicato dos Lojistas colocou sua equipe jurídica à disposição dos donos de lojas que foram roubadas durante a greve, para que ingressem com ações contra o Estado de ressarcimento dos danos materiais.

Imagem Google



Na Sete Portas, 15 motociclistas tiveram a ajuda de uma van para saquear a Ricardo Eletro. Segundo moradores que viram a ação, os assaltantes estavam armados e eram organizados. Eles teriam forçado o motorista de um caminhão de lixo a fechar a rua para evitar a passagem de veículos e levaram televisões, laptops e videogames. “Eles até tentaram levar algumas televisões que estavam em exposição, mas não conseguiram porque estavam presas com cabo de aço. Então decidiram quebrar todas”, diz o gerente Fábio Freitas. As redes de eletrodomésticos Ricardo Eletro, Insinuante e Casas Bahia decidiram não se pronunciar quanto aos prejuízos
O Sindicato dos Comerciários de Salvador, em nota, reclamou de uma suposta prioridade dada pelos policiais que estão trabalhando a segurança do patrimônio, em detrimento à vida dos trabalhadores. “Pedimos aos empresários do comércio bom senso no sentido de garantir o retorno dos trabalhadores com segurança para suas casas”.
A Empresa Baiana de Alimentos S.A., responsável pela Cesta do Povo, fechou todos os estabelecimentos às 16h de ontem. As lojas em que houve saques permanecerão fechadas até a semana que vem.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP