Greve de rodoviários muda rotina de estudantes - Salvador/Ba

24 de maio de 2012

Fonte G1
Greve de rodoviários muda rotina de estudantes na capital baiana. Instituições estão mantendo aula. Alunos que faltarem não serão prejudicados. "Só tinham três alunos em uma sala de 60", disse jovem que foi para aula. Por conta da greve intermunicipal dos rodoviários, escolas e universidades estão com esquemas específicos de funcionamento, mas todas mantêm aula.

A Universidade Estadual da Bahia funciona normalmente, mas durante todo o dia não houve aula por falta de alunos. A assessoria de imprensa da instituição informou que as aulas perdidas por conta da greve serão repostas posteriormente.
Já a instituição particular Dois de Julho informou em nota oficial que as aulas acontecem normalmente. A Faculdade UniJorge mantêm as aulas, mas os professores foram orientados a não abordar conteúdo novo e reagendar as avaliações.
O aluno do curso de Relações Internacionais, Igor Brachmans, foi até a instituição nesta quarta-feira 23/05/2012 e relatou que apenas três alunos de sua turma foram para a aula. “A Faculdade anunciou que haverá aula normalmente. Cheguei na sala e só tinham dois alunos, três comigo. Normalmente a turma tem 60 alunos. Por essa questão o professor fez uma atividade diferente com o pequeno grupo”, relatou.
O G1 tentou contato com a Universidade Federal da Bahia, mas não conseguiu falar com representantes da instituição. O departamento de Arquitetura e Urbanismo suspendeu as atividades. Já o departamento de Geologia da mesma instituição cancelou maior parte das aulas. As informações foram dadas por alunos dos dois curso.

Greve de ônibus na Bahia (Foto: Egi Santana/ G1)
Imagem Google

Aulas Municipais e estaduais
A Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult) informou que as escolas da rede municipal de ensino estão funcionando normalmente, mas garante que os alunos que não puderem comparecer a instituição não terão nenhum tipo de prejuízo. Já as aulas da rede estadual de ensino estão paralisadas há 42 dias por conta da greve dos professores.
Greve dos rodoviários
Os rodoviários pedem 14% de aumento, mas aceitam negociar a proposta de 8% sugerida pelo Ministério Público e Secretaria do Trabalho. Eles entraram em greve a partir das 0h desta quarta-feira. Apesar da decisão, uma liminar judicial determina a manutenção de uma frota mínima de 60% nos horários de pico e 40% nos outros horários. O sindicato afirma que orientou todos os rodoviários sobre a determinação, mas não pode garantir o cumprimento da liminar.
De acordo com Hélio Ferreira, do Sindicato dos Rodoviários, a categoria reivindica aumento de 14%, correspondente à inflação, mais 8% de ganho real, além do retorno do quinquênio, fim da terceirização, plano de saúde para empregado e família, 30 tickets no mês, com aumento do valor de R$10,60 para R$15.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP