O Primeiro navio que atracou no Porto de Salvador - Canavieiras

10 de fevereiro de 2013

Fonte iBahia - Texto Nelson Cadena

Em 17 de julho de 1911 atracou no novo Porto de Salvador, ainda em construção, o vapor Canavieiras, motivo de grande festa para os soteropolitanos que compareceram ao cais, como revela a foto de época, para prestigiar essa viagem inaugural que já sinalizava que as obras em andamento no bairro comercial de fato teriam continuidade. Na data foi inaugurado a primeira etapa das obras iniciadas em 12/11/1906.
É que a população de Salvador, como a classe empresarial, tinha motivos para duvidar do cumprimento dos planos de construção do Porto com seus armazens, guindastes, linhas férreas e obras de dragagem e construção dos dois quebra-mares conforme o projeto da Companhia Cessionária das Docas do Porto da Bahia, cuja planta original pode ser apreciada neste post. E que incluia por compromisso e termo aditivo do contrato a relocar e construir um novo edifício para o mercado público e ainda um prédio novo para os Correios e Telégrafos.
A construção do Porto de Salvador gerava inquietação nos baianos. Era projeto antigo, ainda do tempo do império, sucessivamente adiado, após tratos e destratos com concessionários, o Governo atrapalhando mais do que ajudando, ainda que com algumas obras de infraestrutura executadas nesses mais de 50 anos (1871-1906) de idas e vindas. Uma odiseia que começou com a concessão dada à Bahia Docks Company Limited constituída em Londres e que tinha o Visconde de Mauá como Diretor-Presidente e terminou com o contrato aqui referido.
Doia anos depois da atracação do Canavieiras, em 13 de maio, data natalicia de Dom João VI, na sua homenagem e como referência da abertura dos portos às nações amigas, o novo Porto de Salvador foi oficialmente inaugurado.
Inaugurava-se mais uma etapa do Porto, cujas obras teriam continuidade ao longo da década de 10 e ainda na década seguinte com mais uma revisão do contrato e plano de obras realizado em 20/03/1920. Previa novas dragagens, conclusão da muralha do cais, serviços de iluminação e mais 6 guindastes para carga e descarga. Uma claúsula previa adiamento de outras obras “para serem executadas à medida das necessidades”.


Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP