Morre Cory Monteith, ator de ‘Glee’

14 de julho de 2013

Fonte Veja
Cory Monteith, ator que interpretava o personagem Finn na série Glee foi encontrado morto em um quarto de hotel em Vancouver, no Canadá. Segundo o jornal The Vancouver Sun, a polícia não encontrou vestígios que indiquem algum tipo de crime. Uma autópsia será realizada na segunda-feira. Cory se hospedou no dia 6 de julho no hotel Fairmont Pacific Rim.
Segundo o Variety, a polícia de Vancouver declarou que Cory chegou ao hotel no início da noite de sexta-feira acompanhado de outras pessoas. Imagens do circuito interno mostram que ele foi para o seu quarto sozinho na manhã de sábado, dia 13 de julho. Ele deveria fazer seu checkout na mesma manhã. Ao meio-dia, quando não apareceu, funcionários do hotel foram ao seu quarto. Paramédicos foram chamados, mas o ator foi declarado morto no local. Ele tinha 31 anos.
Representantes da família do ator emitiram uma nota oficial ao Hollywood Reporter que diz: ‘É com tristeza que confirmamos as notícias sobre a morte de Cory Monteith. Estamos em estado de choque e luto por esta perda trágica’. Em nota divulgada à imprensa, a 20th Century Fox, que produz a série Glee, disse que ‘Cory era um talento excepcional e uma pessoa ainda mais excepcional. Era um verdadeiro prazer trabalhar com ele. Todos sentirão tremendamente sua ausência. Nossos pêsames para a família e às pessoas que ele amava.
 
A morte do ator ocorre quase três meses após ele se internar em uma clínica de reabilitação para se livrar da dependência química, sendo que esta não foi a primeira vez que ele se submeteu a um tratamento deste tipo. Quando se internou, Cory se afastou da produção da quarta temporada de Glee, o que levou o ator a se ausentar de pelo menos dois episódios que foram produzidos sem ele.
Cory Allan Michael Monteith nasceu no dia 11 de maio de 1982 em Calgary Alberta, mas cresceu em Victoria, British Columbia, Canadá. Os pais de Cory, um militar e uma decoradora de interiores, se divorciaram quando ele ainda era pequeno.
Profundamente afetado com o divórcio, Cory se tornou um adolescente problemático, apresentando dificuldades de concentração e aprendizado na escola. Aos treze anos, ele começou a fazer uso de drogas e bebidas alcóolicas. Conforme sua dependência foi aumentando, ele largou a escola e começou a roubar. Aos 19 anos, se internou pela primeira vez em uma clínica de reabilitação.
Recuperado, ele voltou aos estudos e começou a trabalhar. Cory passou por um Call Centre, dirigiu um ônibus escolar e foi garçom. Um amigo o convenceu a entrar em um curso de arte dramática. Sem dinheiro para pagar as aulas, ele caiu nas graças do diretor do curso. Percebendo a extrema timidez de Cory e sua necessidade de se agarrar a algo, Andrew McIlroy permitiu que ele assistisse algumas aulas gratuitas. Um dia, Cory apresentou um monólogo que impressionou os professores.
Algum tempo depois, ele se mudou para Vancouver, onde arranjou um emprego de garçom. Com o dinheiro, pagou um curso de arte dramática e, sempre que podia, fazia testes para produções televisivas. Durante um tempo ele fez figuração em telefilmes, como Kraken: Tentacles of the Deep e em Hybrid. Aos poucos, seus papéis foram crescendo. Ao longo dos anos, ele foi visto em episódios de Stargate SG-1, Stargate Atlantis, Young Blades, Supernatural, Smallville e Fear Itself, entre outras.

Lea e Cory em 2011
Entre 2006 e 2007, Cory teve participações recorrentes na série Kyle XY, na qual interpretou Charlie Tanner, o namorado de Amanda, menina por quem Kyle é apaixonado. Em 2007, ele entrou para o elenco de Kaya, série da MTV que teve apenas uma temporada produzida.
O sucesso veio com Glee. Em seu primeiro teste, Cory gravou um vídeo no qual mostra seu talento como baterista (durante um tempo, ele fez parte de uma banda). Os produtores pediram que ele fizesse um teste como cantor.
Com uma voz fraca, Cory não conseguiu impressionar os executivos da Fox, mas foi capaz de conquistar os produtores da série, que viram nele as qualidades necessárias para interpretar o jovem Finn.
No início da série, sempre que Finn cantava, a equipe de produção apelava para um recurso técnico que elevava a voz do ator, fazendo-a parecer mais potente. Com o tempo e com as aulas, o ator conseguiu trabalhar sua voz a ponto de não precisar mais utilizar este tipo de recurso.
Ao longo da produção de Glee, Cory se envolveu com Lea Michele, atriz que interpreta Rachel. Os dois ainda estavam juntos quando o ator morreu.
Cory deixa dois trabalhos ainda inéditos. Ele está no elenco dos filmes All The Wrong Reasons e McCanick.


Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP