"Amor à Vida" chega ao fim com primeiro beijo gay em novela da Globo

31 de janeiro de 2014

Fonte Ibahia
A novela "Amor à Vida" chegou ao fim nesta sexta-feira (31) com o primeiro beijo gay de uma novela global. A trama de Walcyr Carrasco fez o vilão Félix (Mateus Solano) renascer, deixando de lado as maldades (mas não o humor ácido) para reencontrar a felicidade com Niko (Thiago Fragoso), depois de anos de um casamento de aparência com Edith (Bárbara Paz) e de sofrer com o preconceito do pai, César (Antonio Fagundes), quando este ficou sabendo que o filho era gay.
Dono de um restaurante japonês, o chef Niko começou a novela casado com Eron (Marcello Antony), mas os dois se separaram depois que o advogado se envolveu com Amarilys (Danielle Winits), que se ofereceu para ser barriga solidária dos amigos mas acabou se envolvendo com Eron e sem querer abrir mão do bebê, Fabrício.

 
 
Apesar do beijo gay e de César ser cuidado pelo filho depois de sofrer um AVC, o médico continua desaprovando a orientação sexual do filho. Ele recebe a visita do neto, Jonathan (Thalles Cabral), acompanhado da namora, e critica Félix. "Pelo menos você é macho. Eu estou engolindo essa situação", diz, na frente do casal gay.
Esse é o primeiro beijo gay em novela da Globo, mas o SBT, em 2011, exibiu um beijo entre mulheres em "Amor e Revolução", protagonizado por Giselle Tigre e Luciana Vendramina. Em 2009, a Globo já havia exibido um beijo também entre mulheres, na série "Força-Tarefa", dessa vez entre as personagens de Hermila Guedes e Fabíula Nascimento.
Na internet, telespectadores se reuniam com expectativa, esperando que o beijo acontecesse. O assunto foi parar nos mais comentados do twitter, com a hashtag #BeijaFélixeNiko, que chegou a ocupar o primeiro lugar.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP