Aos 81 anos, cineasta é morto a facadas no Rio de Janeiro; filho é suspeito

2 de fevereiro de 2014

Fonte Ibahia
Aos 81 anos, o cineasta paulista Eduardo Coutinho foi morto a facadas dentro da própria casa, na madrugada deste domingo (2), no Rio de Janeiro. De acordo com informações do portal R7, o filho dele, Daniel Coutinho, é o principal suspeito do assassinato. Ele teria tentado se matar após esfaquear o pai e a mãe, que sobreviveu à agressão e foi internada em estado gravíssimo em um hospital da capital fluminense. 


Daniel sofre de esquizofrenia e também teria sido hospitalizado após cometer os crimes, ainda segundo o R7, mas a Divisão de Homicídios, responsável pelas investigações, ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. O corpo de Eduardo Coutinho, que dirigiu importantes documentários nacionais, foi levado para o Instituto Médico Legal. Entre as produções do cineasta, as de maior destaque são Edifício Master e Babilônia 2000. Pelo conjunto da cinematográfica, Coutinho ganhou um Kikito de Cristal, o mais importante prêmio do cinema brasileiro, em 2007.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP