Aos 83 anos, Hilda Furacão morre em Buenos Aires

29 de dezembro de 2014

Fonte: Correio da Bahia
Hilda Maia Valentim, que ficou famosa mundialmente como Hilda Furacão, morreu na manhã desta segunda-feira 29/12/2014, aos 83 anos. Ela passou os últimos dias de vida no asilo Guillermo Rawson, em Buenos Aires, na Argentina.
De acordo com Jorge Stolbizer, diretor do asilo onde ele estava, Hilda morreu às 10h10 por "causas multiorgânicas". Ela ficou bastante debilitada após um problema respiratório, que foi agravado por uma falha renal. Hilda estava em uma ala para pacientes internados há oito meses, por conta da saúde frágil. Ela estava totalmente lúcida até novembro, quando começou a ter episódios de esquecimento.

Hilda Valentin em agosto de 2014 durante entrevista ao Fantástico (Foto: Reprodução/ TV Globo)
Foto: Reprodução/TV Globo

Segundo Stolbizer, Hilda jamais recebeu visitas de familiares enquanto esteve no asilo. Ele garantiu ainda que, até o momento, nenhum parente procurou o local para tratar do enterro. Caso ninguém se manifeste, ela será enterrada no Cemitério de Chacarita, na capital argentina.

Hilda nasceu em Recife e foi uma famosa prostituta brasileira. A história dela foi eternizada em uma obra de Roberto Drummond em, posteriormente, virou minissérie exibida em 1998 pela TV Globo. À época, Hilda foi interpretada por Ana Paula Arósio. 

A pernambucana foi casada com o ex-jogador do Boca Juniors Paulo Valentim, que morreu em 1984. Ela morava com um filho, mas ele morreu em 2013. Pouco depois, Hilda sofreu uma queda e ficou internada seis meses em um hospital público em Buenos Aires. Recuperada, ela foi levada para o asilo mantido pela prefeitura. 

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP