Candidato a Presidência do Brasil Eduardo Campos morre em acidente aéreo em Santos

13 de agosto de 2014

Fonte BBC
Um avião pequeno caiu na manhã desta quarta-feira em Santos, no litoral paulista. Assessores do PSB confirmaram à BBC Brasil que o candidato à presidência Eduardo Campos estava no avião. Bombeiros confirmam sete vítimas no acidente.


http://2.bp.blogspot.com/-oMcnGkhb4Pc/Ub-3H_pVIwI/AAAAAAAAJpk/ZXQ9qZemdY8/s1600/eduardo.jpg

 http://zh.rbsdirect.com.br/imagesrc/16789280.jpg?w=640
De acordo com a Aeronáutica, a aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, saiu do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá, em São Paulo. Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo.

Feridos já estariam sendo tratados em hospitais de Santos.


O Comando da Aeronáutica informa que nesta quarta-feira (13/08), por volta das 10h, uma aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, caiu na cidade de Santos, no litoral de São Paulo.

A aeronave decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

A Aeronáutica já iniciou as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente.

Brasília, 13 de agosto de 2014.

Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic
Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica.
Um acidente causou a morte do candidato à presidência Eduardo Campos e de outras seis pessoas em Santos, no litoral de São Paulo. A procura pelos corpos e destroços do avião seguiu durante toda a madrugada.

Já são mais de 20 horas de buscas dos bombeiros e da perícia. Cada peça é importante para ajudar a explicar o que provocou a tragédia.

Os bombeiros estão reunidos para definir quando eles vão fazer uma terceira varredura. No Bairro do Boqueirão, em Santos, onde o avião caiu tem vários imóveis. O avião caiu exatamente atrás de um imóvel verde. O avião veio caindo, chegou a bater um pouco no telhado do imóvel e abriu uma cratera em um quintal atrás do prédio. A cratera tem três metros de profundidade e dez metros de diâmetro.

Os bombeiros gravaram imagens com o celular dessa cratera e o trabalho durante a madrugada com retroescavadeira para tirar um pouco da terra. Acabaram encontrando restos mortais, que a qualquer momento devem deixar a cidade de Santos em direção ao IML da capital paulista.

Nesses restos mortais, os bombeiros também encontraram a carteira do candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos. Todo esse material está indo em direção ao IML da capital paulista. Os bombeiros já fizeram duas varreduras. O impacto do avião nesse terreno onde abriu essa cratera jogou destroços para mais de 100 metros de distância.

http://thoth3126.com.br/wp-content/uploads/2014/08/eduardo-acidente.01.jpg


Os bombeiros precisam pesquisar para ver se há ainda mais destroços da fuselagem. Não há uma peça inteira do avião encontrada. Ficou tudo destruído e a caixa preta e esses destroços já estão em Brasília. Tudo isso vai ser analisado para tentar descobrir o que aconteceu para o avião ter caído nesta quarta-feira (13).

Os moradores do bairro Boqueirão foram surpreendidos pela queda do avião. "Na verdade, eu vi um clarão. Então, eu achei que fosse um transformador gigante que tinha explodido e estava voando. Mas aí, eu percebi que era uma aeronave pelo forte deslocamento de ar”, conta Marco de Oliveira Lessa, advogado.

"De repente, eu ouvi uma explosão muito forte e aquele cheiro de querosene forte na hora. Eu não imaginei que fosse, jamais ia pensar que fosse um avião", conta a cozinheira Roseli Lima.

O avião com sete pessoas, entre elas, o então candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos partiu do aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro, às 9h21 da manhã de quarta-feira (13) para Guarujá, na Baixada Santista.

De acordo com a Aeronáutica, por causa do mau tempo, chovia e ventava, o piloto não conseguiu enxergar a pista e arremeteu. Em seguida, o controlador aéreo perdeu contato com o avião.  Dez minutos depois, a Aeronáutica recebeu a primeira comunicação de que uma aeronave teria caído em Santos.

Um vídeo feito na base aérea que fica no Guarujá mostra que um oficial da Aeronáutica comunicou o desaparecimento do avião dos radares a um grupo que esperava por Eduardo Campos. “Um jatinho está desaparecido. São Paulo não sabe, não pousou em Itanhaém, ninguém sabe de nada” diz o oficial.

O avião caiu nos fundos de algumas casas no bairro do boqueirão. Uma câmera de segurança gravou o momento exato da queda, quando houve uma explosão. Às12h30, veio a confirmação de que todas as sete pessoas que estavam a bordo haviam morrido: Eduardo Campos, quatro assessores, o piloto e o copiloto.

Moradores gravaram, com celulares, imagens logo depois do acidente. “Caiu dentro do apartamento do prédio, ó, lá o telhado lá. É um avião doido, ali, ó lá o avião lá”, diz um morador em um vídeo gravado pouco depois da queda do avião.

No fim da tarde desta quarta-feira (13), peritos da Aeronáutica acharam o gravador de voz da cabine do avião que não grava dados de voo. Ele e outras partes da aeronave essenciais para a investigação serão examinados em Brasília.

O Cenipa, centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, um órgão da Força Aérea, é quem vai tentar descobrir o que provocou a queda do avião. E são várias as hipóteses para o acidente.

A carta de descida do aeroporto de Guarujá mostra o trajeto que o piloto deve fazer até a pista de pouso, inclusive o que ele deve fazer se for arremeter. Nesse caso, virar à esquerda. Ainda não há elementos suficientes para determinar se o jato seguiu o caminho indicado e, por algum motivo desconhecido, perdeu potência antes de cair no bairro do Boqueirão.

Antes de arremeter, o piloto falou com a torre de controle e parecia tranquilo: “Controle São Paulo, quem tá falando é alfa-fox-alfa, vai fazer a ECO UNO da pista 35. Vai fazer o bloqueio de Santos e o rebloqueio, Ok?”

Pouco depois, o piloto arremeteu e o avião caiu. O especialista em aviação Jorge Leal Medeiros acredita que ventos fortes podem ter dificultado o pouso. “Aquela direção que ele pousou tem um morro à direita. Se o vento cruzado estava vindo do lado do morro, você cria uma turbulência maior. Então, pode acontecer alguma coisa que a gente chama de tesoura de vento, você está voando em um certo ponto, você tem um vento de uma direção e quando você muda de altitude, você tem um vento da outra direção, de uma outra intensidade”, explicou Jorge Leal Medeiros, professor de aeroportos e transporte aéreo USP

Moradores contaram que viram o avião pegando fogo. “Vi uma bola de fogo, o avião vindo aterrissando, quando veio a colidir e explodir, até minha janela quebrou todos os vidros”, diz Donizeti Júnior, vizinho.

“Estava sentada na mesa da cozinha e foi daquela vez que eu vi a bola de fogo. Eu tenho certeza de que ele estava pegando fogo no ar”, diz uma moradora.

Os especialistas também dizem que a tragédia pode ter sido provocada por mais de um fator. “Eventualmente, pode ter sido uma falha mecânica associada a um outro fator humano, pode ter sido só uma falha mecânica. Pode ter sido colisão. Então, nesta etapa, nós não podemos descartar nenhuma hipótese”, explica James Watherhouse, professor do departamento de Engenharia Aeronáutica/USP São Carlos.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP