Falso anúncio de emprego para metrô de Salvador gera tumulto no SineBahia

28 de dezembro de 2015

Fonte Correio Bahia
Um falso anúncio de vagas de emprego para segurança fez com que centenas de pessoas lotassem, na manhã desta segunda-feira (28), a sede do SineBahia na avenida Antonio Carlos Magalhães, em Salvador. Segundo testemunhas, um anúncio que circulou pelo WhatsApp informava que o serviço estava oferecendo hoje vagas de emprego para o metrô da capital baiana com salário de R$1,2 mil, além de benefícios.
As primeiras pessoas começaram a chegar no local às 5h, mas por volta das 7h30, parte do grupo invadiu a unidade em busca de informações e uma porta de vidro foi quebrada. Uma equipe da Polícia Militar chegou a ser acionada para tentar controlar a situação no local. Por conta da confusão, o atendimento ao público em geral para esta segunda foi suspenso logo no início do expediente.
Desempregado há cinco meses, Gerson Ventura, 27 anos, também foi atraído pelo falso anúncio. Ele chegou antes das 4h e já tinha uma enorme fila do lado de fora. “Já estava começando uns tumultos, o pessoal estava brigando por vaga na fila”, contou.
Depois, quando as pessoas que aguardavam para serem atendidas foram informadas de que não havia mais vaga, houve o tumulto. “O pessoal arrombou a porta, quebrou o vidro e invadiu. Assim, a gente perde a razão, mas eles também demoraram de dizer a realidade”, completou Gerson
Segundo o coordenador do SineBahia, Marcelo Gavião, as vagas para agente de segurança já foram preenchidas e já estão em processo de contratação. Ainda de acordo com Gavião, as oportunidades podem ser reabertas, mas não havia seleção aberta para hoje. "Foi um boato de rede social. Quando as vagas existem, nós usamos nossos instrumentos de divulgação. Todas as vezes que divulgamos, informamos a cidade de atendimento e o dia que estará disponível para evitar justamente esse tipo de confusão", afirmou.
Algumas pessoas que estiveram na unidade reclamaram da demora de esclarecer o mal-entendido, mas, de acordo com o coordenador do Sine, a informação foi dada desde o primeiro momento. "Ocorre que o volume de pessoas foi muito grande. Você informa quem está aqui dentro e quem tá lá fora não tem ideia da informação passada aqui dentro. Só agora conseguimos contornar e resolver essa situação", justificou Gavião.
As pessoas que ficaram dentro da unidade foram atendidas pelo coordenador, que explicou toda a situação. "Algum infeliz, mal intencionado ou não, copiou em um WhatsApp e circulou essa informação. Uma parte grande de vocês deve ter recebido essa mensagem. Aqui, trabalha gente séria, trabalhador igual a vocês. Por conta do volume de pessoas, para não deixar de atender um ou outro, vamos suspender o atendimento na unidade hoje", disse o coordenador ao público.
 

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

  © Ourblogtemplates

Back to TOP